ago 21, 2012
Paula Rollemberg

Tratamento para Cáseos: respondendo aos comentários.

Resolvi fazer mais um post para que as perguntas referentes ao tratamento de cáseos, feitas pelos comentários dos leitores sejam respondidas.

1) ” Como faço para ficar livre dos cáseos?” Ir a um especialista em halitose para que ele veja a causa do surgimento dos cáseos.

2) “Qual tratamento para eu me livrar deles?” Cada pessoa pode ter um motivo para o surgimento deles, por isso somente uma consulta com o especialista para saber.

3) ” Gostaria de um remédio que trate esse meu problema, tem?”  Não tem remédio para isso. Existe sim, a avaliação criteriosa numa consulta com o paciente e a correção de hábitos de higiene, alimentação e de vida.

4) ” Eu sinto uma gosma na garganta me ajude a tratar?” Só há possibilidade de ajuda quando a pessoa vai consultar pessoalmente um profissional específico na área de saúde. Não existem dicas ou tratamentos por email, é necessária a presença da pessoa numa consulta.

5) ” Existe cura para os cáseos?” Existe sim. O primeiro passo é consultar um especialista em halitose, depois levar a sério todas as orientações quanto ao tratamento. Muitas vezes são mudanças muito fáceis de realizar, que infelizmente na falta de persistência o tratamento perde o efeito desejado.

6) ” Qual profissional procurar para tratamento dos cáseos?”  Primeiro ir a um Otorrino( médico)  para que ele identifique que vc só tem cáseos, depois o especialista em Halitose ( dentista).

7) ” Existe esse tratamento pelo SUS?” Pelo SUS apenas a possibilidade de tratamento com o Otorrino. Com o especialista em Halitose que trata de cáseos não há tratamento pelo SUS.

E uma dica importante aos leitores. Para quase todas as perguntas feitas nos comentários existem posts no Saudálito que poderão claramente tirar as dúvidas mais frequentes .

mai 28, 2012
saudalito

Entrevista do Saudálito no site “Memória Olímpica”

Saiu uma matéria informativa sobre a relação entre  halitose e atividade física (já abordado aqui neste artigo) no site Memória Olímpica, portal que visa promover o esporte olímpico e paralímpico do Brasil e que contou com a presença do Saudálito.

Em entrevista à jornalista Manoela Telles, abordei assuntos como o problema do jejum e alimentação inadequada antes da prática de exercícios físicos e a importância da higienização da boca através da escovação correta e do uso do fio dental.

Agradeço ao portal pela oportunidade em promover a informação a respeito deste tema importante para a saúde de quem se exercita! A matéria na íntegra está neste link.

abr 19, 2012
Paula Rollemberg

Campanha francesa contra mau hálito

 

Achei incrível essa campanha publicitária contra mau hálito da Tic-Tac na França.

O jeito divertido de falar sobre o problema é uma forma sutil de quebrar o tabu de avisar a alguém que ela está com mau hálito.

A dica do vídeo foi do querido amigo Fabrício do Vida de Dentista.

Espero que curtam! :)

mar 2, 2012
Paula Rollemberg

Mau hálito no avião

Fonte da imagem: Flickr Janesdead

Quem já viajou de avião do lado de alguém com mau hálito sabe o quanto se torna desagradável a viagem.

O horário em que os passageiros deveriam ser mais atentos, embora toda hora é hora de estar atento ao hálito, é durante os vôos da madrugada. Este é o período em que as pessoas estão em jejum e com a menor oportunidade (ou vontade) de escovar os dentes e que geralmente dão uma sonequinha. Isso por si só já contribui para uma pessoa que não tem halitose a apresentar o quadro comum de mau hálito.

No entanto, existem também os que têm a halitose crônica associada a estes três exemplos anteriores e isso é uma combinação terrível para o passageiro que está sentado ao lado ou até nas filas da frente e ao redor.

Por isso, eis a dica para quem for viajar: escove os dentes e/ou tenha sempre um chicletinho no bolso. Você pode tornar a viagem dos outros mais agradável! ;-)

jan 18, 2012
Paula Rollemberg

Mau Hálito na Academia

 

Fonte de imagem: Flickr SFO CP

Hoje a dica é para a turma que se preocupa com a saúde e frequenta academia. E começo perguntando: você se preocupa com seu hálito quando está se exercitando?

Pois é, muita gente não lembra desse item essencial que faz parte da socialização em ambientes como de uma academia, onde muitas pessoas frequentam e se encontram diariamente.

O que a maioria sabe mas não se atenta é que ao exercitar-se a orientação dos professores é  inspirar pelo nariz (puxar o ar para dentro) e expirar pela boca (soltar o ar para fora) nos momentos de execução de um exercício. E aparentemente não há problema nisso, desde que seu hálito esteja bom.

Infelizmente tenho observado na prática que as pessoas não se atentam ao seu hálito, fazendo o vizinho de aparelho sair de perto e interromper a própria atividade, pois não aguenta a halitose do vizinho. Não há nada mais desagradável que estar tentando se exercitar e do seu lado ter alguém com halitose, fazendo de sua atividade física um sacrifício por conta da falta de cuidado do outro.

Por isso fica aqui o alerta: se você tem dúvidas se tem mau hálito e frequenta uma academia, pergunte a alguém de sua confiança e, na falta de informação, use um chicletinho. O seu companheiro ao lado agradece!

set 22, 2011
saudalito

Dia nacional do combate ao mau hálito

Hoje, 22 de setembro, é o dia nacional do combate ao mau hálito. Neste dia, diversos profissionais da área em todo o Brasil concentram seus esforços em disseminar informação sobre a halitose para estimular a conscientização do público em relação a este problema bucal que todavia carece de conhecimento ao alcance do grande público e até entre os próprios profissionais da saúde, incluindo dentistas.

Há quase 3 anos o Saudálito colabora nesta disseminação, publicando regularmente assuntos relacionados ao mau hálito, com informações didáticas e dicas sobre o problema, com a finalidade de levar esclarecimento às pessoas. Portanto, fique sempre à vontade para enviar suas dúvidas sobre mau hálito (e problemas relacionados) através de nossa página de contato!

set 19, 2011
Paula Rollemberg

Afinal: quem trata o mau hálito?


Essa é a pergunta que mais recebo dos leitores desde que o Saudálito foi ao ar.

A resposta é: primeiramente quem está mais próximo, como profissional, é o dentista. É ele quem pode prevenir, orientar e muitas das vezes tratar. Afinal de contas o hálito é exalado pela boca.

Entretanto, o que muita gente ainda não sabe é que existe o especialista em halitose.

Porém, como a halitose pode ser originada por diversos fatores e ultrapassou os limites da Odontologia, a atuação deste especialista é  reforçada, na maioria das vezes, com o trabalho em conjunto de otorrinos, gastros, nutricionistas e psicólogos, entre outros.

Por isso se você tem mau hálito, procure seu dentista. Se sua saúde oral estiver ok, mas persiste a halitose, então procure um especialista em halitose. Garanto que seguindo este caminho e estando nas mãos certas, seu problema será resolvido.

Fonte da imagem: Flickr (AlishaV)

ago 25, 2011
saudalito

Atenção à limpeza da língua (sob diversos aspectos)

É importante estimular o hábito da limpeza da língua para evitar problemas relacionados ao mau hálito, como a saburra lingual.

Para assim disseminar este hábito saudável que complementa a higiene bucal, um fabricante norte-americano de raspadores de língua lançou uma campanha de comerciais que mostra o quão desagradável pode ser uma língua que não preza pela higiene – no caso abaixo não apenas a higiene bucal, mas também a “verbal”!

Páginas:1234567...18»

Saúde + Hálito


Saudálito é um blog sobre o tema halitose e assuntos relacionados ao mau hálito, com informações didáticas e dicas sobre este problema bastante corriqueiro na vida de todos, visando o esclarecimento acerca dos possíveis tratamentos e prevenções do sintoma. Para informações sobre atendimento clique em Contato.

Arquivos